IDH e a classificação dos países

Compreenda a importância deste indicador social

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma medida comparativa usada para classificar os países

Origem do IDH

O IDH surgiu a partir da necessidade de criar um novo índice que levasse em conta os fatores sociais e não apenas os econômicos de um país.

Por isso, o economista indiano Amartya Sen e o paquistanês Mahbub ul Haq criaram uma metodologia que considerava o papel do Estado para o bem-estar da sociedade.

Com isso, o IDH rompe com a função determinista da análise econômica, baseada apenas em índices como o Produto Interno Bruto (PIB), consumo, industrialização e renda familiar.

O IDH passou a ser o principal componente do Relatório para o Desenvolvimento Humano (RDH), produzido pela ONU (Organização das Nações Unidas). Este informe integra o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e auxilia as agências das Nações Unidas a elaborarem planos de ajuda humanitária.

Na prática, o IDH é utilizado de modo comparativo, para distinguir os países pelo seu grau de desenvolvimento socioeconômico.

MapaDistribuição do Índice de Desenvolvimento Humano pelo mundo

 

Críticas ao IDH

Contudo, algumas críticas são feitas a este índice e suas implicações.

Dentre elas, destacam-se a exclusão das análises de dados ecológicos e de sustentabilidade. Além disso, aponta-se que o IDH é falho porque mede a quantidade e a qualidade de alguns setores como a educação.

Da mesma forma, o IDH seria apenas um indicativo potencial e que dissimula a desigualdade na distribuição do desenvolvimento humano pelo globo.

Cálculo do IDH

Para realizar o cálculo do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), três fatores são considerados: educação, saúde e economia.

Vejamos quais são os dados utilizados para cada um desses itens.

Educação

Dois números são levados em conta: a taxa de alfabetização e o tempo de escolaridade.

O nível de alfabetização de uma população revela que todos tiveram oportunidade de receber a educação mais elementar, adquirindo habilidades de leitura, escrita e matemática.

Já o tempo de escolaridade, mede o tempo que cada cidadão deve permanecer na escola para considerar-se escolarizado.

Esses dois números podem revelar o quanto está estendida a educação de um território.

Saúde

Acesso à medicina, tratamentos e aspectos que medem a longevidade demonstram as reais condições de saúde e qualidade de vida local. Todos esses números são considerados para calcular o IDH.